27-11-2006 às 18:37

OMS prevê «pandemia depressiva» nos próximos 20 anos

A Organização Mundial da Saúde (OMS) prevê «uma autêntica pandemia depressiva» nos países ocidentais nos próximos 20 anos, disse hoje à agência Lusa João Marques Teixeira, da Ordem dos Médicos.

O previsível aumento do número de pessoas com depressão tem origem em factores culturais, nomeadamente «reacções depressivas às situações de stress da vida», disse Marques Teixeira, considerando «assustadora» a previsão da OMS.

A depressão é um dos temas em debate no II Congresso Nacional da Sociedade Portuguesa de Psiquiatria e Saúde Mental, que vai reunir entre terça e quinta-feira no Porto cerca de 450 participantes.

Marques Teixeira, do Colégio de Especialidade de Psiquiatria da Ordem dos Médicos, referiu que cerca de 20 a 25% da população dos países ocidentais já sofreu ou irá sofrer uma depressão, pelo que os técnicos e os políticos têm obrigação de criar condições para que esta tendência se inverta.

Segundo a organização do congresso, a depressão é já «a primeira causa de incapacidade, na carga global de doenças, nos países desenvolvidos», devendo dentro de 15 anos, a manter-se a progressão actual, subir do quarto para o segundo lugar na lista de doenças que causam mais prejuízos económicos.

A depressão e a esquizofrenia, em conjunto, são responsáveis por 60% dos suicídios, salientam os organizadores do congresso, subordinado ao tema «A clínica psiquiátrica na interface do biológico e do psicossocial».

Diário Digital / Lusa

  • Imprimir
  • Partilhar

Comentários

Todos os comentários estão sujeitos a moderação. O DD reserva-se o direito de apagar os comentários que não cumpram as regras de utilização. Os comentários publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
PUB
PUB

Mundial 2014

Nelson Mandela 1918-2013

Orçamento Estado 2014

Autarquicas 2013

Síria

CONSULTE OS NOSSOS CANAIS | Newsletter | RSS | Twitter | Facebook | Sapo

Ficha Técnica | Estatuto editorial | Contactos