17-02-2013 às 02:08   actualizada às 12:18

Mais de 400.000 aves terão de ser mortas no México devido a surto de gripe das aves

Mais de 400.000 aves terão de ser mortas no estado mexicano de Guanajuato devido ao ressurgimento da gripe das aves na região, afirmou o governador local, Miguel Márquez.

Questionado pelos jornalistas, o governante explicou, no entanto, não existirem motivos para que a especulação leve a um aumento do preço da carne de frango e dos ovos.

«Já temos um cerco sanitário que nos vai permitir controlar a situação e serão mais de 400.000 aves mortas, mas esta situação não deve abrir a porta à especulação para que subam os preços da carne de frango e dos ovos», afirmou o governador citado pelo jornal El Sol, que se publica em Irapuato.

Diário Digital / Lusa

  • Imprimir
  • Partilhar

Comentários

Todos os comentários estão sujeitos a moderação. O DD reserva-se o direito de apagar os comentários que não cumpram as regras de utilização. Os comentários publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
PUB
PUB

Mundial 2014

Nelson Mandela 1918-2013

Orçamento Estado 2014

Autarquicas 2013

Síria

CONSULTE OS NOSSOS CANAIS | Newsletter | RSS | Twitter | Facebook | Sapo

Ficha Técnica | Estatuto editorial | Contactos