22-02-2013 às 10:48   actualizada às 12:57

Bruxelas agrava previsão de recessão em Portugal com desemprego nos 17,3% este ano

Bruxelas agrava previsão de recessão em Portugal com desemprego nos 17,3% este ano

A Comissão Europeia espera agora, para Portugal, quase o dobro da recessão em 2013 face ao estimado anteriormente, passando de uma contração de 1% para 1,9%, e diz que pode voltar a piorar as previsões já no próximo mês de março.

Segundo justifica o relatório divulgado esta sexta-feira, por Bruxelas com as Previsões Económicas de Inverno, a projeção do crescimento do PIB real foi revisto, de -1% nas Previsões de Outono, para uma quebra de 1,9%, devido ao efeito de arrastamento da queda - mais  forte  do que o previsto - da atividade no último trimestre de 2012; pelas perspectivas mais fracas nas exportações, (Bruxelas prevê um incremento de apenas 1,4% neste ano, contra os 3,4% do aumento estimado para 2012); e pela  fragilidade do desenvolvimento antecipado para o emprego.

Segundo o documento de Bruxelas, depois de contrair-se 1,9% em 2013, a economia portuguesa deverá crescer 0,8% em 2014. Já no que se refere ao desemprego, as previsões da Comissão Europeia estimam uma taxa de 17,3% para este ano, com um decréscimo do indicador para 16,8% em 2014.

  • Imprimir
  • Partilhar

Comentários

Todos os comentários estão sujeitos a moderação. O DD reserva-se o direito de apagar os comentários que não cumpram as regras de utilização. Os comentários publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
PUB
PUB

Mundial 2014

Nelson Mandela 1918-2013

Orçamento Estado 2014

Autarquicas 2013

Síria

CONSULTE OS NOSSOS CANAIS | Newsletter | RSS | Twitter | Facebook | Sapo

Ficha Técnica | Estatuto editorial | Contactos