05-03-2013 às 08:28   actualizada às 12:38

Com video

Menina de 3 anos perdida salva-se abraçada a cão a -5 ºC

Menina de 3 anos perdida salva-se abraçada a cão a -5 ºC

Uma menina polaca de três anos que desapareceu de casa na sexta-feira foi provavelmente salva ao passar a noite abraçada ao cão de estimação da família sob temperaturas abaixo de zero, segundo membros do Corpo de Bombeiros que a encontraram.

A menina, chamada Julia, foi encontrada na manhã de sábado ao lado do cão Czarek num pântano a vários quilómetros da sua casa, na aldeia de Pierzwin.

Ela foi levada para o hospital, onde se encontra a recuperar dos efeitos da exposição ao frio de -5ºC graus.

Segundo o bombeiro Grzegorz Szymanski, o calor do cão foi suficiente para manter a menina viva e foi o factor primordial para a sua sobrevivência.

«O animal ficou ao lado da menina a noite toda, não saiu de perto. Observe que fazia 5 graus abaixo de zero e a criança estava molhada», comentou.

As buscas por Julia mobilizaram mais de 200 pessoas durante a madrugada de sábado. Acredita-se que ela tenha passado horas a vaguear pela floresta próxima à sua casa.

Os pais da menina disseram que a haviam deixado a brincar com o cão no jardim de casa, quando ela desapareceu.

Os bombeiros localizaram-na após a ouvirem a chorar e a chamar pela mãe.

Segundo a família da menina, ela e o cão sempre foram inseparáveis.

«Ela estava com o cão sempre. Não ia a lugar nenhum sem ele», afirmou a avó de Julia, Danuta Balak.

«Quando eu estava a cuidar dela, na minha casa, ela dizia: 'Vovó, chama o Czarek para entrar em casa'. E pedia-me para cortar pão para que ela pudesse dar-lhe», contou.

  • Imprimir
  • Partilhar

Comentários

Todos os comentários estão sujeitos a moderação. O DD reserva-se o direito de apagar os comentários que não cumpram as regras de utilização. Os comentários publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
PUB
PUB

Mundial 2014

Nelson Mandela 1918-2013

Orçamento Estado 2015

Autarquicas 2013

Síria

CONSULTE OS NOSSOS CANAIS | Newsletter | RSS | Twitter | Facebook | Sapo

Ficha Técnica | Estatuto editorial | Contactos