05-03-2013 às 16:49

ONU denuncia homicídios supersticiosos de albinos na Tanzânia

A Alta Comissária da ONU para os direitos humanos, Navi Pillay, condenou hoje o recrudescimento dos ataques contra os albinos na Tanzânia, ligados a cultos de feitiçaria.

«Condeno com a maior firmeza estes assassínios viciosos, cometidos em circunstâncias particularmente horríveis, com desmembramentos, incluindo crianças, enquanto as vítimas ainda estão vivas», declarou Pillay, num comunicado publicado em Genebra.

Desde o final de janeiro, foram registados quatro ataques, três dos quais contra crianças.

Diário Digital / Lusa

  • Imprimir
  • Partilhar

Comentários

Todos os comentários estão sujeitos a moderação. O DD reserva-se o direito de apagar os comentários que não cumpram as regras de utilização. Os comentários publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
PUB
PUB

Mundial 2014

Nelson Mandela 1918-2013

Orçamento Estado 2014

Autarquicas 2013

Síria

CONSULTE OS NOSSOS CANAIS | Newsletter | RSS | Twitter | Facebook | Sapo

Ficha Técnica | Estatuto editorial | Contactos