01-07-2013 às 17:32

Filomena Marona Beja com novo livro em Julho

Filomena Marona Beja com novo livro em Julho

«O Eléctrico 16» é o novo livro de Filomena Marona Beja. A Divina Comédia edita ainda em Julho mais dois títulos.

«História da Minha Vida», de Giacomo Casanova
«Uma obra-prima da literatura.
A primeira tradução portuguesa da autobiografia de Giacomo Casanova com tradução e notas de Pedro Tamen.
Estas páginas escolhidas de História da Minha Vida, de Giacomo Casanova, resultam de uma cuidadosa selecção e organização de textos realizada por Miguel Viqueira, professor universitário e escritor.
A excelência da tradução e das notas de Pedro Tamen enriquecem esta primeira antologia em português da autobiografia do mais célebre aventureiro da História. 
Uma tradução que demorou cerca de dois anos a ser feita»

«Trans Iberic Love», de Raquel Freire
«A história de uma paixão entre duas pessoas do século XXI, que questionam a identidade e a sua construção – identidade de género, identidade sexual, nacional, de classe e ideológica – e tentam viver no dia-a-dia esta revolução de comportamentos.
Maria nasceu no Porto em 1974, o ano da Revolução dos Cravos. Nunca se identificou com a lei social que entende o género feminino como o da submissão. É uma escritora obcecada pelo pensamento de Karl Marx.
José nasceu em Barcelona em 1987. Nunca se sentiu “mulher”. Criou uma identidade trans que não se enquadra no universo homem/mulher. José identifica-se como pirata, trapezista, guerrilheiro e resistente do género.
Entre o movimento queer dos anos 2000 e o dos “Indignados” dos anos 2010, na era da democracia, da Internet, das redes sociais, das sex-parties, do activismo e dos voos low-cost entre Lisboa, Madrid, Paris, Barcelona, Berlim e Londres, Maria e José apaixonam-se perdidamente um pelo outro e pela revolução que se avizinha.
Uma história transeuropeia sobre como crescer, como tornar-se um cidadão activista sem perder a dignidade, a liberdade e os sonhos, num mundo globalizado onde um capitalismo financeiro sofisticado transforma os indivíduos em escravos dóceis»
 
«O Eléctrico 16», de Filomena Marona Beja
«A história de Helena que cresceu em Lisboa, num Portugal mergulhado na ditadura e envelhece, agora, num país em crise.
Joel e José Emílio. A paixão e a razão.
Salazar. Opressão e repressão. A Segunda Guerra Mundial e a Guerra Colonial. Humberto Delgado. A esperança de liberdade…
As evoluções e conquistas da nossa época, e o retrocesso resultante do momento de crise que atravessamos.
A história de Helena é um pouco a nossa História, a história de muitas mulheres que viveram dos meados do século XX até aos nossos dias.
Neste novo romance, Filomena Marona Beja descreve com grande mestria as diferenças e semelhanças do Portugal de ontem e de hoje.
Autora vencedora do Grande Prémio de Literatura DST e do Grande Prémio de Romance e Novela da APE.»

  • Imprimir
  • Partilhar

Comentários

Todos os comentários estão sujeitos a moderação. O DD reserva-se o direito de apagar os comentários que não cumpram as regras de utilização. Os comentários publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
PUB
PUB

Mundial 2014

Nelson Mandela 1918-2013

Orçamento Estado 2014

Autarquicas 2013

Síria

CONSULTE OS NOSSOS CANAIS | Newsletter | RSS | Twitter | Facebook | Sapo

Ficha Técnica | Estatuto editorial | Contactos