03-03-2014 às 20:40

Pintora Natália Gromicho representa Portugal numa exposição em Nova Iorque

A pintora Natália Gromicho vai representar Portugal na exposição "The Power of Perception II: International Art", uma mostra de arte que abre esta segunda-feira em Nova Iorque e reúne trabalhos de cinco continentes.

A exposição, que tem a curadoria a cargo do Creative Concept Studio, estará aberta até ao dia 17 de março na "S Art Gallery" e Natália Gromicho estará presente com uma das suas pinturas mais reconhecidas, "Hermafrodita".

O convite surgiu depois de a artista ter assinado contrato com uma agência norte-americana.

"Ter sido convidada para assinar um contrato de representação pela Creative Concept INC foi um momento de grande alegria, bem como estar aqui em Nova Iorque para finalmente mostrar o meu trabalho a este mercado", disse Natália Gromicho à agência Lusa.

A artista diz que encara esta exposição "com grande entusiasmo" e que ter vendido uma obra antes da abertura foi algo que a deixou "extremamente feliz."

"A critica nova iorquina considerou que a minha obra é de facto muito interessante, designando-a como 'intelectualmente avançada para a época', o que é extremamente gratificante. Pinto desde 1995 e conseguir algum reconhecimento passados 19 anos é de facto muito bom", explicou.

Natália Gromicho nasceu em Lisboa, estudou pintura na escola de artes "Arco" e na "Faculdade de Belas Artes".

Conta com mais de 60 exposições por vários países, entre os quais Portugal, Brasil, Itália, Estados Unidos e Austrália.

Foi vencedora de vários concursos, como o "Best Rolling Stone Alternative Logo", e tem a sua obra está em vários locais, entre coleções privadas e instituições, destacando os EUA, Itália, Austrália, Londres, Paris, Holanda e Portugal.

Natália Gromicho refere que, "para uma artista plastica, o mercado norte-americano é considerado o mais difícil de entrar, pela quantidade de artistas residentes e pela quantidade de artistas que todos os dias tentam a sua sorte" e que, por isso, esta exposição é tão importante na sua carreira.

Na quarta-feira, a portuguesa vai pintar um quadro ao vivo em exclusivo para um grupo de colecionadores de arte. O trabalho ser depois vendido em leilão.

A artista sublinha que não é a primeira vez que pinta ao vivo, mas afirma que "ser convidada para realizar esta performance em Nova Iorque é a realização de um sonho."

"Estou extremamente motivada e a contar os minutos para a realização do evento", acrescenta.

A exposição ocorre como parte do mês de feiras de arte de Nova Iorque, que inclui o the ARMORY Art Fair, SCOPE, Pool Art Fair, Art Expo and Volta entre dezenas de outros eventos e exposições.

  • Imprimir
  • Partilhar

Comentários

Todos os comentários estão sujeitos a moderação. O DD reserva-se o direito de apagar os comentários que não cumpram as regras de utilização. Os comentários publicados são da exclusiva responsabilidade dos seus autores.
PUB
PUB

Mundial 2014

Nelson Mandela 1918-2013

Orçamento Estado 2015

Autarquicas 2013

Síria

CONSULTE OS NOSSOS CANAIS | Newsletter | RSS | Twitter | Facebook | Sapo

Ficha Técnica | Estatuto editorial | Contactos